Jornada Mundial da Juventude

06/11/2013 19:09

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

No dia 22 a 28 de julho aconteceu no Rio de Janeiro, um grande evento mundial, onde tive a enorme alegria de ser escolhida, juntamente com outros amigos e o pároco de nossa região, para participar desse momento tão importante e “ talvez único”  que ficará eternamente em nossos corações.

Durante essa semana ocorreram vários programas propostos pela Jornada Mundial, como: a catequese, via-sacra, caminhada, vigília e as missas que contavam com a presença do Papa Francisco, deixando a todos os jovens o grande exemplo de humanidade e amor.

Nestes dias ,eu e os demais amigos que saímos da nossa região, rumo ao Rio de Janeiro para participar da Jornada Mundial da Juventude, tivemos o prazer de fazer grandes amigos, especialmente os de Rondônia e Duque de Caxias ( RJ ), que jamais serão esquecidos; Na ocasião  ganhamos o apelido carinhoso de Rondomineiras do Piauí.

Dessa forma, ainda que enfrentássemos algumas dificuldades, como tomar banho de água fria, dormir em sacos de dormir, estávamos cheios de felicidade, onde além do apoio de nossos amigos, tínhamos a força do Cristo Ressucitado e de nossa Mãe Maria que jamais nos abandona.

Nessa semana foi contagiante sentir a emoção que cada jovem transmitia um ao outro, havia música em todos os lugares e os peregrinos e voluntários que se uniram em um laço só, espalhavam a animação a todos que aproximavam. Conhecer lugares nem era tão emocionante quanto viver tudo aquilo que estávamos vivendo.

Vários foram os momentos marcantes, como o dia em que nosso grupo de amigos pegaram nossos bolinhos, torradas, sucos e distribuímos para mendigos que dormiam debaixo do túnel. Fora a emoção quando dávamos um abraço em alguém, em uma brincadeira criada por nós e elas nos agradeciam, dizendo o quanto precisavam daquele abraço.

Ao passar estes dias convivendo com tantos jovens, conhecendo as mais diversas culturas e tento tão próximo a nós um ser humilde mais cheio do amor de Deus que nos ensinava a cada instante que não devemos ter vergonha de ser Cristo, e nos deixar mais uma missão, além daquela em que estávamos vivendo, como disse o Bispo “ Dom Uilson” no segundo dia de catequese “ Viemos ao Rio de Janeiro em uma missão, porque éramos escolhidos de Deus” que viéssemos, mas “ Ide e fazei discípulos entre todas as noções”.

Desta forma, eu tenho certeza que todos jovens que puderam estar na “JMJ” só tem a agradecer, primeiramente a Deus, por me consagrar a essa missão, a minha família, por todos os momentos me apoiou, aos párocos que rezaram por nós e ao padre Joselito, por nos acompanhar e estar junto de nós participando deste momento tão importante para nós.

Cleidiane Paula da Silva, aluna do 3º ano A

—————

Voltar


Contato

Escola Estadual Monsenhor Francisco Miguel Fernandes

Praça do Rosário, 107
Centro
Rio Espera/MG
CEP:36.460-000


31-37531156


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!